sábado, 20 de julho de 2013

Minotauro



“Este é o labirinto de Creta. Este é o labirinto de Creta cujo centro foi o Minotauro. Este é o labirinto de Creta cujo centro foi o Minotauro que Dante imaginou como um touro com cabeça de homem e em cuja rede de pedra perderam-se tantas gerações. Este é o labirinto de Creta cujo centro foi o Minotauro que Dante imaginou como um touro com cabeça de homem e em cuja rede de pedra perderam-se tantas gerações, como María Kodama e eu nos perdemos”.

J.L. Borges – O Labirinto






Com a colaboração de Guilherme Fonseca.


O Minotauro faz parte da mitológia da Grécia Antiga. A figura tinha cabeça e cauda de touro corpo de  homem. O rei Minos, antes de tornar-se rei de Creta, pediu ao deus Poseidon para que ele se tornasse o rei.  Aceito o pedido, o rei teria que sacrificar, em sua homenagem, um magnífico touro branco que sairia do mar. O  animal era tão perfeito, que o rei resolveu enganar Posseidon sacrificando outro touro no lugar daquele enviado. Poseidon  castigou o rei fazendo que sua esposa   Pasífae, se apaixonasse pelo touro. Essa paixão louca, levou-a a engravidar do animal. Com auxílio de Dédalos, que construiu uma vaca de madeira para ser ela fecundada pelo monstro. Nasceu o Minotauro.Minos ordenoou a Dédalos a construção de labirinto gigante para prender a criatura. O labirinto foi construído no subsolo do palácio de Minos, na cidade de Cnossos, em Creta. Androceu (filho de Minos), o rei de Creta ordenou que fossem enviados todo ano sete rapazes e sete moças da cidade de Atenas para serem devorados pelo Minotauro. Teseu, herói de Atenas, rumou para  Creta com intuíto de matar o Minotauro. Ao chegar na ilha, Ariadne (filha do rei Minos) apaixona-se pelo herói grego e resolve ajudá-lo, entregando-lhe um novelo de lã para que Teseu pudesse marcar o caminho na entrada e não se perder no labirinto.  Teseu escondeu-se entre as paredes do labirinto e atacou o monstro de surpresa. Usou uma espada mágica, que havia ganhado de presente de Ariadne, colocando fim aquela terrível criatura. O herói ajudou a salvar outros atenienses que ainda estavam vivos dentro do labirinto. Saíram do local seguindo o caminho deixado pelo novelo de lã. Muitos artistas abordaram o tema.





Autor desconhecido Minotaur Bust. Museu Nacional Arqueológico de Atenas.







Autor desconhecido  Teseu.  Afresco Pompéia.






Autor desconhecido Pasiphae with Baby Minotaur. Etrusco Cabiles des Médailes, Paris.







Autor desconhecido Teseu e Minotauro





Giulo Romano Pasiphae enters in Daedulus wooden cow, 1530. É a representação  da maneira de como a mulher foi fecundada pelo Minotauro.




Peter Paul Rubens Daedulus and the Minotaur. Esboço para decoração da Torre de la Parada, Madri. Museo de Belas Artes la Coruña.






Antoine-Louis Brye Minotaur looked in battle with Teseus, 1841-1846. Museu do Louvre, Paris.






Jean-Etienne Ramey Theseu fightiing with Minotaur, 1826. Jardim de Tuileries, Paris.




George Frederick Watts The Minotaur, 1896.






Autor desconhecido Ariadne e Teseu, século XVIII, França.




Gustave Doré Ilustração com Minotauro para o Inferno de Dante.





Pablo Picasso Dora and Minotaur, 1936.  Museu Picasso, Paris.






Salvador Dali  Minotaur,1981. Bronze múltiplo.






Marcel Dzama The Minotaur, 2008. Dalas Museum of Art.
















Nenhum comentário:

Postar um comentário